Radio Católica On-line

Homens a Luz de Deus.

Aleluia! Tu é abênçoado, e a sua Graça ja estar sendo preparada por Jesus, chegará em uma boa hora, pois ele conhece o teu coração e seus problemas, ele sofre com vc, ele se alegra com vc, mais aquele seu desejo, será agora atendido, espere que um anjo trará sua Graça, apenas agradeça ao Senhor e assim que receber, fale em seu pensamento. AMEM !

2010/05/15

Rito Católico-Oriental Ucraniano


Fotos: Carlos Daniel


A comunidade ucraniana está concentrada no oeste do estado do Paraná e mantêm sua cultura, língua, costumes e identidade religiosa através de gerações



A celebração em Rito Católico-Oriental Ucraniano ocorrida hoje na Paróquia Nossa Senhora do Lago, foi presidida por Dom Volodomer Koubetch – OSBM. Dotada de riqueza litúrgica solene, consistiu em um rito pontifical mais completo, repleto de simbolismos, incensos e músicas.


Os cantos, sem a utilização de instrumentos, foram muito bem preparados e apresentados pelo Coral da Catedral São João Batista, que veio especialmente de Curitiba-PR para abrilhantar a cerimônia.


Presente no Brasil há 120 anos, a comunidade ucraniana está concentrada no oeste do estado do Paraná e mantêm sua cultura, língua, costumes e identidade religiosa através de gerações.


O estilo do rito ucraniano é caracterizado pela beleza dos paramentos dos celebrantes e ornamentação das igrejas. O “ikonostás” é a parede de ícones, onde do lado direito fica o de Jesus Salvador e do lado esquerdo o da Mãe de Deus, separando o Santuário da Nave, onde apenas os Bispos e os Sacerdotes passam.


Inês Muller, paroquiana e participante da equipe de acolhida, “a riqueza dos detalhes da solenidade, deixa a todos mais espiritualizados. A língua falada atrapalha um pouco o acompanhamento, mas as respostas cantadas criam um clima maior de intimidade com Deus”. Frei Alex – OFM, franciscano que veio dos Estados Unidos para o Congresso Eucarístico, destacou que o ritual ucraniano – apesar de não possibilitar a participação dos fiéis, como no ritual latino – é uma solenidade para destacar o Cristo Eucarístico, o que aprofunda o espiritual dos fiéis.



Ao final da celebração, a comunidade presente – juntamente com os celebrantes – foi para o salão paroquial inaugurar um painel sobre todos os papas, de Pedro a Bento XVI. O painel ficará disponível à visitação de todos os que tiverem interesse em conhecer mais sobre nossa caminhada de igreja.


Chamou a atenção um casal devocionário que veio de Montes Claros para o CEN, Waldomiro e Nininha. Os dois ficaram em oração – de joelhos – durante o tempo inteiro que durou a celebração (mais de duas horas).

Por Vicente e Tati Sousa

1 comment:

Jairo said...

Muito interessante o artigo.

Só cabe salientar que os descendentes de ucranianos não estão concentrados apenas no oeste do PR. Estão, sim, espalhados pelo Sul, Leste e Sudoeste do Estado. Como também em partes de SC e na capital de SP mais numerosamente.

Grato!

2010/05/15

Rito Católico-Oriental Ucraniano


Fotos: Carlos Daniel


A comunidade ucraniana está concentrada no oeste do estado do Paraná e mantêm sua cultura, língua, costumes e identidade religiosa através de gerações



A celebração em Rito Católico-Oriental Ucraniano ocorrida hoje na Paróquia Nossa Senhora do Lago, foi presidida por Dom Volodomer Koubetch – OSBM. Dotada de riqueza litúrgica solene, consistiu em um rito pontifical mais completo, repleto de simbolismos, incensos e músicas.


Os cantos, sem a utilização de instrumentos, foram muito bem preparados e apresentados pelo Coral da Catedral São João Batista, que veio especialmente de Curitiba-PR para abrilhantar a cerimônia.


Presente no Brasil há 120 anos, a comunidade ucraniana está concentrada no oeste do estado do Paraná e mantêm sua cultura, língua, costumes e identidade religiosa através de gerações.


O estilo do rito ucraniano é caracterizado pela beleza dos paramentos dos celebrantes e ornamentação das igrejas. O “ikonostás” é a parede de ícones, onde do lado direito fica o de Jesus Salvador e do lado esquerdo o da Mãe de Deus, separando o Santuário da Nave, onde apenas os Bispos e os Sacerdotes passam.


Inês Muller, paroquiana e participante da equipe de acolhida, “a riqueza dos detalhes da solenidade, deixa a todos mais espiritualizados. A língua falada atrapalha um pouco o acompanhamento, mas as respostas cantadas criam um clima maior de intimidade com Deus”. Frei Alex – OFM, franciscano que veio dos Estados Unidos para o Congresso Eucarístico, destacou que o ritual ucraniano – apesar de não possibilitar a participação dos fiéis, como no ritual latino – é uma solenidade para destacar o Cristo Eucarístico, o que aprofunda o espiritual dos fiéis.



Ao final da celebração, a comunidade presente – juntamente com os celebrantes – foi para o salão paroquial inaugurar um painel sobre todos os papas, de Pedro a Bento XVI. O painel ficará disponível à visitação de todos os que tiverem interesse em conhecer mais sobre nossa caminhada de igreja.


Chamou a atenção um casal devocionário que veio de Montes Claros para o CEN, Waldomiro e Nininha. Os dois ficaram em oração – de joelhos – durante o tempo inteiro que durou a celebração (mais de duas horas).

Por Vicente e Tati Sousa

1 comment:

Jairo said...

Muito interessante o artigo.

Só cabe salientar que os descendentes de ucranianos não estão concentrados apenas no oeste do PR. Estão, sim, espalhados pelo Sul, Leste e Sudoeste do Estado. Como também em partes de SC e na capital de SP mais numerosamente.

Grato!